segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Lago





O meu lago a encher com água do tanque, depois vai levar água aos agriões e por ultimo aos poejos.

5 comentários:

  1. Que belo espaço, João! Estão a faltar umas quantas plantas aquáticas...

    Um abraço

    João

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quais são as mais apropriadas.
      Agradeço sugestões.

      Um abraço

      Eliminar
    2. Olá João...

      Eu gosto muito do Inhame. É uma planta que junta o util ao agradável. Util, porque produz tubérculos excelentes na alimentação. Podem ser cozinhados como a batata, fritos, em puré, um sem numero de aplicações. As folhas são boa forragem para o gado. Produzem rapidamente: ao fim de um ano já se podem desenterrar os tubérculos e serem consumidos. Propagam-se facilmente, cada tubérculo pode ser dividido em tantas parte quantos os "olhos" que aparecem. E agradavel porque é decorativa. Se encontrar condições favoráveis, as folhas chegam a atingir um metro de diâmetro. E pelo seu tamanho evitam a evaporação da água e como são de pedunculo alto não impedem outras plantas mais baixas de crescerem. São resistentes a pragas e doenças, apenas são sensíveis à geada, mas como têm um tubérculo subterrâneo, recuperam facilmente. Encontram-se à venda nos supermercados, na área dos legumes.
      Alem do Inhame há os Juncos e os Papiros, mas estes são apenas decorativos.

      Um abraço

      João

      Eliminar

    3. Já tinha feito a sugestão do inhame para substituir a junça em redor do lago.
      Eu já segui o seu conselho, enterrei 4 em volta do lago que me custaram a módica quantia de cerca de 50 cêntimos.
      Agora é só aguardar para ver o resultado.

      Obrigado

      Um abraço

      Eliminar
  2. Pois foi... agora me lembro que já tinhamos falado sobre isso. Nem me lembrava (é a idade...)

    Um abraço!

    ResponderEliminar