sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Enxada



A minha enxada está velhinha e gasta pelas muitos quilómetros de terra que já removeu. 

É a minha preferida para os trabalhos na horta, pela sua experiência de longos anos.

Talvez seja mais velha do que eu. Desde que me conheço que ela "habita" na horta.

4 comentários:

  1. ... a quantas mãos já ela terá ensinado?...

    ResponderEliminar
  2. É verdade, João! Nós criamos uma ligação sentimental com determinados objectos. Eu tenho um canivete de enxertia que está nas minhas mãos há mais de meio século. E já não era novo quando veio para mim. Está velho e gasto. Mas parece que só com ele trabalho bem...

    Um abraço

    João

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva jardineiro do Rei

      O mesmo se passa comigo, em relação a muitos objetos que mantenho e conheço desde que nasci.

      Abraço

      João

      Eliminar
  3. O seu método resultou?

    Não conheço a planta, mas adoro experimentar aromas...

    Também aprecio muito caldeiradas, ensopados e sopas de peixe.

    Gostei de tomar conhecimento desta aromática, Vou tentar encontrá~la.

    A cozinha alentejana é mestra no uso sábio dos travos perfumados ...

    Cumprimentos.



    ResponderEliminar